Estado conclama empresários ao FUNDOPEM

Postado em Atualizado em

gd_20151217123937img_7018Nelson Eggers, diretor-presidente da FRUKI, dá Água da Pedra, representou nesta última quinta-feira, 17 de dezembro, vinte empresas gaúchas que receberão incentivo do Fundo Operação Empresa (FUNDOPEM/RS) e do Programa de Harmonização do Desenvolvimento Industrial do RS (INTEGRAR/RS), para empresas que se comprometem com a ampliação da produção industrial e comercial, alem de gerar empregos nas mais diversas regiões do Estado. Somente neste Decreto as empresas comprometeram-se em gerar 640 empregos diretos nos próximos anos.

Eggers falou da importância que o FUNDOPEM teve nas operações da empresa, principalmente no crescimento e consolidação da FRUKI no mercado, e que no inicio do programa no governo de Pedro Simon, ela convidou outras empresas da região para ingressarem junto com ele, e os mesmos disseram que este programa era para empresas grandes e que não entrariam. Lembrou que se não fosse o Programa talvez a empresa não tivesse alcançado o patamar que atingiu, pois ele garante que o programa não é para empresas grandes, mais sim para pequenas que querem se tornar grandes, e que a grande maioria destes que não aderiram, hoje não estão mais em operação, e as que estão, arrependeram-se de não ter aderido na época. Do comprometimento inicial como ICM de R$ 5 milhões, no último ano (2014) a empresa arrecadou aos cofres públicos, mais de R$ 50 milhões, e tudo devido manter uma gestão enxuta, pró-ativa, investindo no patrimônio humano, e ter apresentado projetos em todas edições do FUNDOPEM. Eggers ainda anunciou a expansão da empresa para nova linha de produtos.

Na ocasião de assinatura do Decreto, o Secretário Fábio Branco convocou todos empresários gaúchos a somarem-se nos programas sociais do Governo do Estado, desde as doações aos Fundos do Idoso e das Crianças e Adolescentes, assim como de apoio as escolas, seguido pelo Secretário Giovani Feltes que falou do boicote que alguns tem exercido sobre um dos melhores programas já criados no Estado. Heitor Müller da FIERGS, defendeu o programa dizendo que o programa só ajuda quem quer se manter aqui, pois não há incentivo quando uma empresa não arrecada impostos, e encerrando a atividade, o Governador José Ivo Sartori, referiu-se a FRUKI como referencia em boa gestão, e quando uma empresa é séria e trata todas suas obrigações com seriedade, a tendência é que tudo de certo no futuro. Sartori ainda conclama todos empresários gaúchos a procurarem a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, para conhecerem os programas de apoio disponibilizados pelo estado.

Foto: Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s